Rogue One – Uma história Star Wars

Hi, Ciao, Bonjour, Oi, Hej…. Halo My Friends

rogue-one

Como estava com saudades de falar/escrever isso, mas finalmente eu estou menos atolada de coisas para fazer e pude tomar um tempo para escrever, desenhar, pintar, cantar, dançar, gravar …. Enfim: tempo demais. Mas na terça feira eu fui na pré estreia de Star Wars: Rogue One, com uma amiga minha que so conhece Star Wars pelos nomes e porque eu falo demais sobre o assunto, e bem, ELA saiu do cinema querendo fazer maratona dos filmes porque gostou muito de Rogue One e saiu sem palavras do cinema, para você ver o nível do bagulho. Então vamos a resenha. DICA: Rogue One foi retirado na ideia dos letreiros do episódio IV: Uma nova esperança, e não, não tem letreiro no começo do filme.

SPOILER ALERT – TEM MUITO SPOILER, RECOMENDO PARA QUEM JÁ VIU OU NÃO SE IMPORTA COM SPOILER.

  • Review

rogue-one-grupoCom a introdução de novos personagens rebeldes a história, vemos a trajetória de Jyn Erso (Felicity Jones) desde de sua mãe ser morte e seu pai ser obrigado a arquitetar a Estrela da Morte, ser “criada” por Saw Gerrera (Forest Whitaker), sempre estar foragida até se encontrar com Cassian Endor (Diego Luna), quem posteriormente salva ela para um propósito maior: ela é filha de um dos engenheiros da Estrela da Morte, Galen Erso (Mads Mikkelsen, nosso eterno Hannibal – que falando nisso, eu não consigo ver esse cara fazendo um papel do bem, e ver ele fazendo isso nesse filme foi muito estranho), uma arma até então desconhecida pela Aliança, que tem uma pequena falha – posta pelo Galen para sua filha acabar com a estação. Então eles montam um esquadrão, que posteriormente é chamado de Rogue One, para pegar um mapa da Estrela da Morte com o intuito de achar essa pequena falha.

rogue-one-rebeldiaPorém, todos os eventos acontecem enquanto o Império está na sua ascensão, e fica muito difícil tudo acontecer. Então tudo é um grande risco, tudo é uma grande encruzilhada, até porque é uma missão extra oficial da Aliança, pois muitos participantes votaram para que não ocorresse essa missão que Jyn e Cassian queriam ir. Mas no final a equipe e montada por quem queria que ocorresse e lógico que a Aliança deu um forcinha.

rogue one leia r2.png
O bom desse filme foi o seguinte, como ele se passa exatamente antes do “Uma Nova Esperança” (até porque o finalzinho é exatamente mostrando o lugar e a pessoa que vai ser presa pelo Darth Vader, que vai ser resgatada pelo um certo cara que vai se tornar um mestre jedi e um certo cara que tem um certo amigo peludo, que pegou um certo mapa com uma unidade R2… Ta vendo a linha de raciocínio né?!) muitas questões são respondidas, como por exemplo como eles conseguiram o certo mapa da Estrela da Morte, e porque eles sabiam que deveriam atacar exatamente naquele lugar da Estrela da Morte e que aquele lugar causaria a explosão.

rogue-one-dalenE claro, o ambiente do filme é outro, é totalmente desapego e batalhas, mostra mortes e apenas uma esperança nova: o mapa. Mas todos estão fadados a morrer, até porque onde eles vão a Estrela da Morte é acionada para a morte deles. Então o ambiente do filme é mostrando essa parte mais detalhada dos eventos, em que os personagens conhecem alguns outros personagens que vão morrendo conforme vai passando o tempo. E outra, os disparos da Estrela da Morte são retratadas de um jeito surpreendente, e que, como já falei, os principais/ mocinhos estão lá lutando pela vida deles de um jeito muito mais maduro que o resto dos filmes.

rogue-one-cegoE não podemos deixar de falar da Força, que é retratada de um jeito diferente do que a mostrada nos outros filmes, em Rogue One a Força é uma crença, que os personagens Chirrut Îmwe (Donnie Yen) e Baze Malbus (Wen Jiang) têm. Principalmente Chirrut que é cego e usa a Força como uma forma de ampliar seus sentidos, ele está sempre utilizando a frase: Eu estou com a Força e a Força está comigo, em suas batalhas como forma de amuleto da sorte, em que tudo irá dar certo para ele e para seus amigos. Ou seja, eles sabem da existência da Força, mas a utilizam como se fosse uma religião, não como os Jedi usam: como algo que flui entre todos e poucos a possui, poucas podem usufruir de seus “poderes”, e como algo que dá “poder” ao Jedi.

Não posso deixar de falar também do jeito que o filme aborda outros tipos de Rebeldes: os que levam a palavra ao pé da letra, em que são extremistas e não querem saber da Rebelião, da Aliança, e sim acham que podem seguir seus próprios caminhos, com seus próprios líderes em que atacam o Império quando tem a chance e não com exatamente um plano para isso.

rogue-one-esquadraoE assim, falando de modo geral, o filme aborda tudo colocando um peso sobre as coisas que o Império e a Aliança fazem, pois tudo tem uma consequência que é sentida em ambos os lados, em que equilibra as cenas mais sombrias como as cenas em que o comandante Tarkin tem de pedir para Vader cuidar das coisas do jeito dele, e as cenas em que a Aliança (em meio a todo o caos) está ganhando em pelo menos uma coisa na batalha, mesmo que perdendo em outra. E a introdução dos personagens foi ótima, pois mostra um pouco do passado de Jyn (em que seu pai foi obrigado a construir a Estrela da Morte, sua mãe morta, e ela foragida), ao mesmo tempo que introduz o pessoal que vai ser do Rogue One (K-2SO, Chirrut, Base, Cassian e um piloto ex-imperial, Bodhi Rook (Riz Ahmed)) e alterna entre cenas de esperança, tristeza, alegria e engraçadas.

rogue-one-k2soPosso falar que um dos personagens que mais interage com o público é o Chirrut, pois ele é cego e não acreditam que ele fala da Força e tudo mais, e o próprio K-2SO, pois o robô reprogramado imperial é sincero e verdadeiro mesmo no pior momento possível o tornando muito engraçado e roubando cena em vários momentos.

rogue-one-death-starE a história, conseguiu retratar muito bem aquele “quê” que você sempre se questionou entre as duas trilogias (I, II, III e a IV, V, VI), quis sempre saber o que houve nesse meio tempo, quis mais do Darth Vader fanservice foda demais (ainda mais com a voz original, mesmo que um pouco acabada) e quis saber um pouco mais das raízes da Aliança e do Império. E não posso deixar de falar sobre o final excelente que teve: em que Darth Vader vai matando todo mundo em busca do mapa e o mapa consegue ser entregue a nave onde Leia está, e assim, eu jurei que quando mostrou a silhueta da Leia (a atriz que foi utilizada foi a Ingvild Deila) não iria mostrar o rosto, mas sim, ela vira e fala: ESPERANÇA. Obviamente não era ela, e era computação gráfica, até porque o filme foi feito a 39 anos atrás e a Carrie Fisher está velha (visto em O Despertar da Força ano passado), mas a emoção foi muito grande por ver a careta dela ali na tela, num marco tão especial.

rogue-one-k2-e-jynE outra coisa que não posso deixar de falar é os atores, acho que a escolha dos atores foi muito boa, pois a Felicity conseguiu retratar bem aquela mocinha que tem seus problemas ( que pega essa missão da Aliança num momento de desespero, e pelo seu pai também) que sabe que vai morrer e não vai ser a heroína renomada da história (até porque não é citada em nenhum lugar da trilogia original), Diego foi a mesma coisa, em que mostra o conflito entre ser o bonzinho que segue regras ou não (que tem um peso sob suas ações ou não) e não posso deixar de falar de uma coisa: a escolha dos atores que também apareceram na primeira trilogia é genial, pois ficaram muito parecidos utilizando computação gráfica, podendo citar o Tarkin: Guy Henry foi utilizado, e ficou muito parecido com o original (Peter Cushing), diferente de Wayne Pygram que em “A Vingança dos Sith” não foi utilizado CGI e não ficou parecido. E o ator de Bail Organa, em que ele aparece sendo o mesmo ator (Jimmy Smiths) que apareceu na trilogia prequel.

rogue-one-cena-q-n-existeAH, e outra, a refilmagem do filme ficou evidenciada em muitos lugares, como numa cena do trailer em que Jyn está carregando os planos da Estrela da Morte na praia junto com o seu grupo, ISSO NÃO OCORRE, os planos são projetados diretamente do prédio de comando para os Rebeldes que se encontram fora do planeta.
rogue-one-darth-vaderE o vilão é Orson Krennic (Ben Mendelsohn), que também é envolvido com a Estrela da Morte e envolvido com o passado de Galen também (descobri que essa história é contada num livro Star Wars: Catalyst escrito por James Luceno) e que tenta impressionar Tarkin mostrando e testando a nova arma feita pelo Império.

AHHHHHHHH, R2D2 e C3PO aparecem no meio do filme, o cinema foi a loucura quando aconteceu.

E por favor, gastem um pouco a mais e vejam em 3D, pois a qualidade gráfica (e dos CGI) são muito melhores.

Um beijo, um queijo e que a força esteja com vocês.

 

 

Anúncios

Star Wars – The Force Awakens – Parte 2

Hi, Hallo, Oi, Ciao, Bonjour … Halo My Friends

o desperta da forca

Acabei praticamente de chegar em casa e não me contentei em não escrever um post sobre o que achei do filme. Aqui eu não vou contar muito a história e nem spoilers sobre o filme, um post com detalhes certinho irá ao ar até semana que vem, ou no dia do natal (como um presente), então não me tentarei a detalhes e spoilers, é só a minha experiência com o filme.

  • Review

Chewbacca and Han Solo in a still from the Star Wars: The ForcePassou os seguintes trailers: Guerra Civil, Warcraft, Deuses do Egito e Superman vs Batman, se não me engano tinha mais um, mas não me vem a mente. Dai aparece a logo da LUCASFILM todos vão a loucura, e a sala estava cheia, então todos em silêncio e daqui a pouco eu me questionei porque eu não tava vendo em 3D, dai perguntei para a namorada do meu primo que estava ao meu lado, dai o dela também não estava funcionando. Então eu comecei a ver e todos estavam vendo a mesma coisa, e o filme rolando, então um cara falou para limpar o óculos, muitos limparam a nada aconteceu. Dai começaram a gritar para parar o filme que o 3D não estava funcionando, depois de uns minutos (já tinha passado o letreiro e começado as primeiras cenas) e todos gritando, uma pessoa desceu e falou que não estava funcionando, eles ligaram as luzes e reiniciaram o filme. O 3D funcionou, mas as luzes não apagaram e então todos gritaram para desligar as luzes, então eles reiniciaram o filme de novo e desligaram as luzes, e então o começou de verdade.

Já de início é de matar a pessoa, eu já fiquei emocionada apenas com o STAR WARS aparecendo, e eu acho que se tivessem me filmado vendo o filme iria ser muito engraçado, pois eu tava quase rindo de mim mesma.

rey e bb-8Sobre o filme: J.J Abrams realmente soube fazer um filme que agradasse vários fãs de Star Wars, tanto os antigos quanto os novos. Claro que poremos ver que em algumas partes parece que a história se repete, mas não é exatamente isso. Continuando, o enredo do filme e a história foi muito fiel a um recomeço da história original, como assim? Bom, essa história, apesar de passar-se em 30 anos após “O Retorno de Jedi” dá para entender realmente o que pode ter acontecido, e pode ser uma desculpa para começar a ver Star Wars, pois essa nova trilogia promete. Quanto a escolha do elenco e tudo mais, tirando os originais, tudo ocorreu bem, a Daisy, o Finn e o Kylo, que são os novos destaques, adequaram-se bem a proposta do filme, e claro que muitos especularam certo, como eu.

Claro que algumas coisas – pequenas coisas – foi bola fora da Disney, porém acho que vai fazer mais sentido e adequação a nova trilogia. Afinal, é um grande peso em suas costas fazer uma continuação de um filme que virou clássico e é amado por muitos pelo mundo.

kylo renOs efeitos especiais ficaram bem diferentes do que é a “trilogia do meio (I, II, III)” e ficaram melhores, até pelo trailer dá para ver que capricharam bem nos efeitos. Falando em trailer, bem podemos dizer que o trailer não nos conta muita coisa do que realmente acontece no filme, não segue uma sequência lógica, então o trailer deixou aquele suspense para você achar que aconteceria isso e acontece o contrário, ou não.

Minha personagem nova favorita é a Rey e o BB-8, amei os dois, mas o senso de humor do Finn também é legal.

c-3poJ.J Abrams realmente foi além do que muitos esperavam e deixou um “Q” a mais no nosso coração, várias coisas ainda precisam ser explicadas. Mas os novos personagens atendem aos nossos pedidos, a ganharam seu espaço na saga. Saí do cinema em lágrimas e parecia um panda, já que tava com delineador, lápis e rímel, quando eu postar o vídeo no canal (sim eu to fazendo um canal no Youtube) vocês irão ver ainda as marcas de choro e emoção. Foi no final que eu desabei. Recomendo para todos que querem realmente ingressar na saga, e para os que já gostavam recomendo também ver novamente, pois a continuação é só em 2017, mas poderemos matar a saudade de Star Wars ano que vem com uma nova história.

Um beijo, um queijo e um refri para vocês.

May the Force be with you.

Star Wars – The Force Awakens

Hi, Hallo, Cio, Ciao, Oi, Ola … Halo My Friends

o desperta da forca.jpg

51 dias após a compra e finalmente chegou esse dia tão esperado por mim e muito fãs de Star Wars, mas temos todos uma grande pergunta: O que realmente esperar desse novo filme. Vamos fazer uma análise dos trailers e das informações que podemos obter.

  • Review

montagem rey, fin e kylo.pngBom, sabemos que o Finn e a Rey são os novos heróis que J.J Abrams quis para inovar no Star Wars. Mas o que será que esses novos personagens poderão ter de ligação com os antigos personagens? A minha opinião é: Kylo Ren pode ser filho do Luke porém ingressou o lado negro da força. Ou Kylo Ren pode ser filho de Han e Leia, que ingressou o lado negro. A Rey é filha da Leia e do Han porém não sabe ainda e quando encontrar o Han vai realmente saber quem é. Ninguém é filho de ninguém, o Finn é um Stormtrooper que achou um sabre de luz e quer lutar contra o Kylo e a Rey tem aquele bastão que pode ser duas coisas, um sabre de luz lança ou um bastão elétrico de Phrik. Resumindo ela é uma jedi que não tem o domínio da Força ainda. Ou ela é apenas uma catadora de lixo mesmo.

luke e r2.pngMeu deus, cadê o Luke nessa história? Esse é o real mistério, um dos personagens mais aclamados pelos fãs não aparece no trailer e nem nos teaser, é um problema. Mas o próprio Mark Hamill afirma que estará la no filme, então podemos também ter outra teoria: ele é um mestre jedi e tem sua academia jedi, procurando sempre novos jedis pela galáxia. Porém na sua expedição meditacional pelo planeta Jakku sente um distúrbio na força, e então acha o que o Império de formou: A Primeira Ordem e então todos vão para lá guerrar, mas todos os novos personagens não sabem das histórias que se passaram antes do “O retorno de Jedi”. E também em um dos primeiros trailer mostra R2 recebendo carinho de uma mão robótica, o que podemos pensar é que é a mão de Luke, mas também fala no exato momento a frase “São reais”, então podemos deduzir que ou as história do que aconteceu são reais, ou que os Jedis são reais.

  • O que já sabemos?

r2, 3po e bb-8Já sabemos que vão ter novos personagens, design novos de nave como X-Wing e Tie Fighter. A Rey é uma personagem que não tem família e nem sobrenome (como a própria Daisy revelou alguns dias atrás), o Finn é um stormtrooper que se junta a Rey, ou será que só estava disfarçado? O BB-8 é um droide que está acompanhando Rey em todos os lugares que ela vai e logo irá conhecer os nossos droides queridos: R2-D2 e C-3PO, será que a cena em que está se escondendo não é porque está com vergonha de conhecer os dois (porque como sabemos os droides tem personalidade, o R2 é destemido e aventureiro enquanto 3PO é medroso e nunca sabe o que está acontecendo), ou será que ele está numa missão secreta com a Rey?

rey
Sabemos também que a Leia não é mais Princesa, e sim General: General Leia Organa Solo. Mas, e o Luke? É Mestre Jedi? O Han ainda é um contrabandista ou largou esses meios? Quando que ocorrerá esse reencontro entre os novos e os velhos personagens? Creio eu que vai ser pouco antes da batalha que irá acontecer, onde Han, Luke, Leia e Chewie irão chegar para proteger os dois personagens. Será que o Finn é um jedi, ou tem laços Jedi com alguém? Pois em um dos últimos trailers ele está usando um sabre de luz azul, muito semelhante ao de Anakin/Luke do episódio V, mas sabemos que este sabre foi perdido na Cidade das Nuvens, ou talvez não, foi achado anos depois ou algo do tipo? Mas a intimidade de Finn com o sabre não é tão grande assim, mostrando indícios que estão tentando nos enganar.

rey e bb-8Os acontecimentos ocorrem 30 anos após “O Retorno de Jedi” porém vemos claramente uma drástica mudança de atmosfera entre esse tempo. Sabemos que o resquício do Império não é o mesmo, até porque parece ser uma Primeira Ordem baseada no Império. O planeta onde suportamente tudo irá acontecer é o planeta de Jakku, pois é onde BattleFront acontece (e sabemos que BattleFront é a história canônica nova do universo, ou seja, oficial).

han e leia.pngAinda no trailer vemos que Leia está sofrendo por alguma coisa, estaria ela preocupada com Luke? Ou com os novos personagens? Ou até mesmo por algum acontecimento ruim? Porém tem algumas deduções que Rey estaria chorando em cima de Chewie então será que Leia e Han estão sofrendo por Chewie?

rey e finnFinn também pode ser um personagem que virou para o lado da Resistência, o que explicaria ele estar no mesmo cenário da Resistência se preparando para uma possível batalha. Mas quem pode ter levado Finn a Resistência pode ter sido a Rey, que em um dos trailers oferece a mão a Finn para este poder levantar, porém ele vai meio relutante.

han, rey, finn e bb-8.pngOutra coisa é a “Cidade de Bandeiras” que Finn, BB-8, Rey e Han estão indo, Han parece bem familiarizado com o lugar, agora Rey e Finn estão olhando para os lados e dando uma olhada no lugar, o que deixa-nos acreditar que é um lugar novo para eles.

nova estrela da morteOutra cena é o de Kylo dentro de um painel de controle, o que poderia indicar ser a Nova Estrela da Morte, e que explicaria “I’ll finish what you started (Irei terminar o que você começou) e mostrar o capacete derretido do Vader, até porque podemos deduzir que Kylo tem uma adoração por Vader e que está construindo a Nova Estrela da Morte, já que a Segunda Estrela da Morte foi destruída antes de ser terminada. E que Kylo tem seus “Cavalheiros de Ren” porém só ele usa um sabre, então não é Sith?

han-2.jpgO que Han estaria se referindo quando fala: “Chewie estamos em casa”? Ao lugar? As batalhas? A Resistência? Ou até mesmo a Leia e ao Luke? Ou podemos deduzir que pelo lugar que estão é a Millennium Falcon?

E essas são algumas das perguntas que muito temos, pois não podemos deduzir muita coisa, pois os segredos foram guardados as 7 chaves por todos os atores e diretores, e roteiristas e todos os envolvidos. Sei que enlouqueci bastante nas deduções, mas se tiverem alguma dedução para fazer deixem nos comentários.

Não legendado

E o grande e maravilhoso trailer de Star Wars, legendado, tirei do youtube do canal Star Wars Brasil.

Notícia irrelevante para alguns: Leon e a Nilce do canal Coisa de Nerd e Cade a Chave entrevistaram a Lupita e o Oscar e viram 9 minutos do filme. Eles não podem falar nada e foram super vigiados para ver o 9 minutos, não puderam levar câmera e nem celular, e lá dentro ainda tenho pessoas com aquelas lentes da raio-x ou aquelas que veem no escuro. Mas o Leon falou que nesses primeiros nove minutos que viram ele já se emocionou e aconteceu algo muito legal, e que os caras realmente sabem fazer um bom filme.

FALTAM 12 HORAS, 49 MINUTOS E 30 SEGUNDOS. MEU CORAÇÃO ESTÁ FORA DO MEU PEITO QUASE!!! QUE EMOÇÃO!!!

Um beijo, um queijo e um café para vocês.

 

 

Star Wars – Parte 2

Hi, Oi, Ciao, Cio, Ola, Bonjour… Halo My Friends

2000px-Star_Wars_Logo

No momento exato que comecei a escrever isso estavam faltando 14 dias, 05 horas, 54 minutos e 10 segundos para a pré-estreia de Star Wars, na qual eu vou junto com meus primos e suas respectivas namoradas, resumindo eu ficarei de vela, mas não vem ao caso. Neste post eu queria falar um pouco mais sobre Star Wars, já que faz meses que não posto nada sobre isso.

O meu objetivo no primeiro post sobre Star Wars era fazer tipo um conjunto de pelo menos 5 posts sobre o assunto, no qual iria falar sobre como foi as filmagens, trazer curiosidades e fazer review do primeiro filme (e dos outros) e também falar um pouco da minha paixão sobre o universo. Mas ocorreram distrações e incidentes no meio do caminho e não pude fazer algo como gostaria. A boa notícia é que eu só tenho duas recuperações para fazer e estou livre do colégio e prometo me focar mais em posts do blog.

O que venho trazer aqui é uma curiosidade sobre Star Wars que possivelmente todos sabem. As histórias “Legends”.

  • O que são?

starwars_legends.jpg

Bom, são um conjunto de livros, quadrinhos e outros materiais em que suas histórias não são direcionadas para a história canônica (oficial) do universo, ou seja, histórias que podem ter acontecido ou não. Você pode ver que há uma infinidade de livros em que contam essas histórias e divertem as pessoas, aproximando elas ao universo expandido de Star Wars. Porém, são as chamadas Legends ou Lendas do Universo Expandido.

  • Origem

lucasfilm sold.png

Todos sabem que a LucasFilm foi vendida a Disney em outubro de 2012, e desde então muita coisa mudou. Reza as lendas que a primeira coisa que fizeram foi realmente jogar todos os rascunhos de George Lucas por água abaixo (eu li em algum lugar isso e não sei se é verdade, mas é o que dizem que aconteceu). E que o próximo filme (VII) não iria ser como vai ser, e sim se focar no futuro de Han, Leia, Luke e Chewie e se ligando a muitas histórias do universo expandido. Mas como os rascunhos foram jogados fora, o novo diretor J.J.Abrams falou que queria incluir novos heróis na franquia e não apenas se focar no passado.

  • O que aconteceu?

Após a estreia da primeira trilogia ocorreu que começou a aparecer várias histórias, quadrinhos, e até fanfics sobre esse Universo, porém com a infinidade delas a Disney decidiu que iriam virar as lendas, já que queria que apenas os filmes e as séries: Star Wars: The Clone Wars e Rebels que faz parte da história canônica dos filmes. E também porque muitas delas não faziam sentido para continuar o enredo.

  • Minha história no Universo Expandido

livros star wars.png

Para quem já viu meu post do livro “O Herdeiro do Império” sabe que eu amei de paixão, e que ainda vou fazer um post de Kenobi, que também foi outro livro que eu amei de paixão da saga do Legends. O começo foi assim, eu tinha 150 reais (se não me engano) e fui na Fnac comprar a assinatura da Xbox Live, e sobrava cerca de 40 reais do dinheiro. Era dia 04/05/2015, ou seja, dia homenageado a Star Wars (May the Forth be with you) e eu fui lá e comprei, pois era o único livro de Star Wars e também o único traduzido ao português. Terminei o livro e sempre ia a livraria para ver se tinha lançado a continuação, porém certo dia tinha um novo livro de Star Wars, escrito por outro autor mas a capa era parecida, deduzi que era a continuação e me decepcionei vendo que não era. Porém, eu amei tanto o livro que quero ler cada vez mais o universo expandido, sendo que comprei Scoundrels em inglês para ler.

Bom, cada livro tem uma cronologia, por exemplo: Kenobi passa após “A vingança dos Sith”, enquanto Obi-Wan tem que proteger Luke das ameaças de Tatooine, porém onde se passa o enredo não tem muito a ver com Luke no começo, até porque acontece várias coisas que ficam no caminho de Kenobi e ele ainda é um bebê. Já a Trilogia Thrawn passa-se 5 anos após “O Retorno de Jedi” e é um dos maiores best-sellers de Star Wars Legends (Timothy Zahn realmente conseguiu o que queria, e falando nisso, eu conheci ele ontem numa sessão de autógrafos no qual irei falar em outro post). E também tenho duas hq’s do Legends: A Fuga Impossível e uma que é coletânea.

Então, concluindo, você pode escolher por onde quer começar, vamos supor que você ache mais legal a trilogia original (meu caso) você pode ler livros que se passam entre a trilogia original e a nova, ou os livros que falam histórias do que aconteceu no meio de cada filme. Ou você pode ler “Marcas de Guerra” que já conta spoilers do novo filme e ser feliz. Não sei você escolhe.

Bom, onde quero chegar é que, ler ou ver o universo expandido é muito divertido mesmo sabendo que não é oficial. Porém, tenha cuidado para não se apegar muito a história, principalmente se ela não ter continuação (meu erro).

Terminei o post faltando: 14 dias, 03 horas, 54 minutos e 17 segundos.

Um beijo, um queijo e um café com leite para vocês. May the Force be with you.

Jogos Vorazes – A Esperança – Parte 2

Hi, Hallo, Oi, Ciao, Ola … Halo My Friends

Jogos Vorazes A Esperança Parte 2

Ontem chegou aos cinemas a conclusão da saga que a 4 anos já vemos acompanhando. Sim, estou falando de Jogos Vorazes. Lá em 2012 estreiou o 1 filme do livro da série, lembrou que vi perto da estreia e amei. A história é envolvente, principalmente pelo fato que não é uma república ou um império o mundo dividido e sim uma série de distritos que em ordem crescente distribui a população do mais rico para o mais pobre, sendo todos controlados pela Capital de Panem (o destruído Estados Unidos). Que esta anualmente faz um jogo simbólico em que vários jovens são escolhidos para se matarem dentro da arena.

Pois bem, eu em 2012 não tinha lido os livros e nem ouvido falar e fui com meus pais (se não me engano) ver o primeiro filme da saga, e conforme fui vendo os minutos da exibição fui me apaixonando cada vez mais.

  • Os Jogos Vorazes

jogos vorazes.jpgOs Jogos Vorazes ou The Hunger Games (Jogos da Fome) é um jogo que a Capital impõe para todos os distritos, em simbolismo da revolta que aconteceu anos atrás e destruiu o distrito 13. Todos os anos 24 jovens, 2 de cada distrito, entre 12 e 18 anos de idade são escolhidos através da “Colheita” para se enfrentarem em uma arena, e o “programa” é televisionado por todos os distritos, e apenas um tributo tem que sobreviver.

Acontece que Katniss na hora da colheita, lá no primeiro livro se voluntaria ao invés de sua irmã, Prim, e já começa mudando o curso da história já que (1) no distrito 12 nunca teve um voluntariado e (2) ela desafiou a Capital. O que ela fez? Por um ato de bravura e romantismo, ela e Peeta foram os únicos a sobreviver na arena, e ao invés de se matarem entre si eles desafiam a Capital querendo cometer suicídio, mantendo se vivos depois. O porém é que muitos viram isso de forma errada e isso começou a gerar revoltas e tumultos em diversos distritos.

katniss e peeta em chamas.jpgJá em “Em Chamas” Katniss e Peeta entram no Massacre Quaternário, ou seja, voltam a arena, lutando com antigos vitoriosos como eles. Porém a parada começa a esquentar, pois por trás dos panos o Massacre seria um plano de outros tributos para poder acabar com a Capital. Katniss destrói a arena e desmaia , logo depois os sobreviventes se encaminham para o mito do distrito 13, que está funcionando.

peeta machucado.jpgJá em “A Esperança -Parte 1″Katniss, Finnick e Beette estão no distrito 13 que está liderando a rebelião e Katniss então aceita ser o Tordo, ou seja, o símbolo da rebelião. E Peeta porém está sendo mantido como refém da Capital, sendo tratado com veneno de Teleguiadas e vendo Katniss como uma ameaça. OO filme termina com Peeta no distrito 13 depois de ser resgatado.

CONTÉM SPOILERS SOBRE O ÚLTIMO FILME.

  • A Esperança – Parte 2

O primeiro foco é em Katniss e Peeta, como sempre. Katniss está ainda se recuperando da quase morte que Peeta fez ela enfrentar, e uma das primeiras cenas é ela na maca da ala hospitalar do distrito 13 “aprendendo” a falar novamente, já que sua garganta estava inchada e esse tipo de coisa. Logo então mostra Peeta, ainda preso dentro de um quarto e Prim indo falar com ele, o informando que sua família está morta. Katniss está vendo tudo pela janela e Peeta começa a falar que Katniss não é quem ela acha que é, é um fantoche de Capital. Mas sabemos que não é Peeta falando isso, e ainda está sobre efeito das Teleguiadas.

Então Katniss está falando com Coin e Plutarch e avisa que quer matar Snow, e Coin avisa que para chegar na Capital precisam dominar o distrito 2 e Katniss falou que ela mesma iria ajudar nisso. E então vai até o distrito e eles de fato dominam.

johanna.jpgEntão é quando começam a se preparar para atacar a Capital. Finnick e Annie se casam e Johanna fala que ajuda Katniss a ir junto a todos. Katniss, que estava no hospital, é recusada para ir até os subúrbios da Capital junto com o esquadrão. Porém ela sai foragida e chega no lugar. Logo é reconhecida e encaminhada para o seu esquadrão 541. Composto por:

  1. Katniss Everdeen
  2. Gale Hawthorne
  3. Finnick Odair
  4. Jackson
  5. Boggs
  6. Homes
  7. MItchell
  8. Leeg 1 & 2
  9. Peeta ( que é enviado pela Coin para matar Katniss). E a equipe de Filmagem:
  10. Cressida
  11. Messalla
  12. Pollux
  13. Castor

katniss, boggs, gale e cressidaNa Capital constatam que a cada passo tem um Pood que são as pegadinhas da Capital. Uma das gêmeas Leeg pisa em um e morre, sendo a primeira morta. Peeta é enviado por Coin para matar Katniss e a equipe faz um jogo de “Verdade ou não” que consiste em o Peeta perguntar se é real ou não o que está acontecendo, já que ele não consegue distinguir o que é verdade e o que não é.

esquadrao 541.jpgO grupo sofre uma ameaça e Boggs morre, deixando o Holo (dispositivo que detectava os Poods) em mãos de Katniss. Então após sofrer essa ameaça as duas gêmeas são mortas e então o resto do grupo é declarado como mortos pela Capital em rede aberta. Mas não é verdade. Então Pollux indica que eles devem ir pelo subterrâneo e mais ameaças são vistas. Jackson é morta, assim como Finnick e Castor (desculpem, mas eles morre e é frustante, mas eu achei que por ser um personagem que tem uma história a morte dele seria mais impactante do que meio jacú do jeito que foi),  vão novamente para a superfície onde estão sendo procurados, Cressida fala que conhece o lugar e indica um refúgio, onde uma moradora da Capital vestida de Gata, definitivamente já que tinha bigodes, e oferece abrigo.

katniss e galePresidente Snow oferece abrigo para os refugiados em sua própria mansão e Katniss e Gale vão junto aos refugiados, escondidos com as roupas da pessoa que ofereceu abrigo, logo então quando Katniss e Gale estão quase sendo desmascarados quando acontece um atentado, logo após Gale é capturado e pede para Katniss matar ele, ela não mata e continua a jornada, vendo um aerodeslizador se aproximar. Katniss está observando as crianças todas reunidas quando o aerodeslizador joga paraquedinhas e todos querem pegar, porém são explosivos.

Katniss cai e quando levanta vê Prim prestando ajuda aos necessitados, porém outro atentado acontece. Prim morre. Próxima cena é Katniss acordando dentro da mansão do presidente, logo ela se encontra com ele e os dois conversam. Snow afirma que não foi ele que ordenou o ataque e sim foi Coin. Ocorre um julgamento e a presidente Coin fala que eles devem fazer um Jogos Vorazes para os envolvidos com os Jogos e com Snow. Katniss fala que quer matar Snow e vota por sim, diferentemente de Annie (mulher de Finnick) e Peeta.

katniss indo matar snowKatniss está com a Rebelião atrás dela, lá na praça dos tributos, e Snow em frente e um pedaço de madeira. Coin fala algumas palavras e na hora de atirar em Snow, Katniss atira em Coin, matando-a. Logo após, mostra Plutarch dando um sorrisinho e a Rebelião matando Snow. Katniss é julgada como inocente, dá umas palavras com Effie antes de ir embora, Haymitch e Effie se beijam, e  voltam ao seu distrito. Nos primeiros dias passa sozinha e depois de voltar de sua caça, que não é mais ilegal, Peeta está plantando Primrose (uma flor) e eles se abraçam. Logo após estão comendo junto a Haymitch, mostra Katniss e Peeta olhando para a chuva. E Katniss não conseguindo dormir, e vai ao quarto de Peeta, deitando-se com ele.

Ele fala “Você me ama. Verdadeiro ou falso?” e ela responde “Verdadeiro” A próxima cena mostra que a líder do distrito 8 virou a presidente de Panem e Gale no distrito 2.

A próxima cena é a mais linda. Katniss e Peeta estão em uma floresta linda. Mostra o filho brincando com Peeta e a filha no braço de Katniss, dormindo, logo ela acorda do que parecia ser um pesadelo. Ela fala que ela também tem pesadelos e um dia contar sobre eles e o porque deles, e vai ensinar a como lidar com eles. Logo ela olha para Peeta e este está olhando para ela, o filho deles abraço o pai. Todos estão felizes. THE END.

Contei bem por cima, não me atentando muito a detalhes mas contei. Tudo para dar uma descontraída nos posts, porque tem mais 3 episódios de The Walking Dead que ainda não fiz review, pois estive em semanas de provas finais. Então vou fazer logo logo. Fui ver “A Esperança – Parte 2” na quarta feira dia 18. Desculpem pelas fotos, algumas não são do próprio filme pois ainda não foi muito divulgado então são mais simbólicas.

Um beijo, um queijo e um doce de leite para vocês.

 

Jóias do Infinito

Hi, Hey, Cio, Ciao, Hoj, Oi, Ola… Halo My Friends

Gemas

Vamos falar um pouco sobre os universos Marvel, especificamente sobre as Joias do Infinito?! Porque é isso que irá ser tratado agora, neste momento, neste minuto. Muitas delas já apareceram nos quadrinhos, outras no cinema, o foco maior é no cinema pois os quadrinhos aqui no Brasil é meio difícil encontrar… Encontra mas é raro e caro.

  • Espaço (Azul)

tesseractTambém conhecida como Tesseract. Permite que a pessoa portadora da gema mover qualquer objeto através do universo, existir em qualquer lugar ou todos os lugares e deformar ou rearranjar o espaço. Apareceu nas televisões em:

  1. Thor – numa cena pós crédito, em que Nick Fury fala com Dr. Selvig sobre um projeto envolvendo um cubo azul.
  2. Homem de Ferro 2 – nas anotações de Howard Stark.
  3. Vingadores – no cetro do Loki, podendo dar o poder de abrir buracos de minhocas e trazer a destruição a New York, é a peça chave do trama.
  4. Capitão América, O primeiro vingador – também é a peça chave, quando o Caveira Vermelha retira de um santuário na Noruega e utiliza para fazer armas energéticas.

Portadores:

Odin (até 965)
Vigia da Igreja (1942)
Caveira Vermelha e a Hidra (1942-1945)
S.H.I.E.L.D. (1945-2012)
Loki (2012)

Atual:  Heimdall (Asgard).

  • Realidade (Vermelha)

eter

Conhecida com Aether ou Éter, permite a pessoa realizar qualquer desejo – mesmo que não vá com as leis da Física, normalmente resulta em destruição se a pessoa portadora não for cuidadosa. Possivelmente a mais poderosa. Apareceu nos filmes:

  1. Thor, o mundo sombrio – Jane acaba encontrando o Éter e vira hospedeira do mesmo, logo é revelado que essa jóia é uma das 6 gemas que foram criadas até mesmo antes da criação do universo. Criado pelos Elfos Negros, por seu líder Malekith que quer usar para destruição do universo em trevas novamente. Essa jóia é a única em forma líquida e no final é entregue ao colecionador.

Portadores:

Malekith (até 2987 a.C.)
Bor (2987 a.C.)
Jane Foster (2013)
Malekith (2013)
Asgard (2013)

Atual: O Colecionador (Museu do Colecionador)

  • Poder (Roxa)

orbeConhecida também como Orbe. Podendo ter acesso a todo o poder e energia que existe ou possa vir a existir. Junto a outras gemas tem os poderes expandidos, ao portador dá o poder de duplicar suas habilidades físicas, tornando-o invencível, além de imbatível quando usado o poder puro. Aparece em:

  1. Guardiões da Galáxia – o Colecionador conta a história que Odin contou a ele, dizendo que as jóias formaram-se de singularidade cósmicas, e que o Orbe foi criado pelos Celestiais a fim de impor-se sobre nações inimigas. Para a segurança deles próprios esconderam dentro de um cofre localizado em Morag.

Portadores:

Planeta Morag (até 2014)
Peter Quill (2014)
Guardiões da Galáxia (2014)
Ronan, o Acusador (2014)

Atual: Tropas Nova ( Em Xandar.)

  • Mente (Amarela)

cetro do lokiRetratada como Cetro do Loki. Permite poder aumentado infinito mental e acesso a pensamentos e sonhos de outros seres. Permitindo acesso simultâneo se possível. O portador pode não conseguir dominar o poder por ele ser muito imenso. O controle de mentes simultâneas pode acontecer desde um micro universo como um macro universo, sendo assim pode ocorrer a troca de pensamentos. Aparece em:

  1. visaoVingadores – Era de Ultron – o cetro de loki é então estudado e revela-se que a jóia está dentro dele. Sendo assim, Hidra faz um série de testes que resultam nos gêmeos Pietro e Wanda Maximoff, logo após Tony Stark tenta criar uma inteligência artificial, e cria Ultron, que retira a jóia do cetro e coloca no andróide Visão, que então consegue realizar alguns atos como erguer a Mjölnir ( por ser considerado de mente e coração dignos assim como Thor).

Portadores:

Thanos (até 2012)
Loki (2012)
S.H.I.E.L.D. (2012-2014)
Hidra (2014-2015)
Vingadores (2015)
Ultron (2015)

Atual: Visão (Terra).

  • Alma/ Espiritual (Verde)

casulo adamUma das mais perigosas, permite ao portador roubar, manipular e alterar as almas dos vivos ou mortos. Nos quadrinhos Adam Warlock foi o portador e guardião da gema por um tempo, sentindo a responsabilidade das almas que ele mesmo tomou. E a jóia é o portão para um pequeno e idílico universo.

Ainda não apareceu no universo cinematográfico, possivelmente vai ser mostrado nos filmes Doutor Estranho (novembro de 2016), Guardiões da Galáxia 2 (maio de 2017) e Thor: Ragnarok (novembro de 2017) e se unirá em Vingadores 3 e 4: Guerra Infinita (maio de 2018 e 2019).

  • Tempo (Laranja)

joiasPermite que o portador tenha domínio do tempo presente, futuro e passado que são todos visíveis e acessíveis ao portador mesmo após algumas hora depois de não ter mais acesso a ela. Com treinamento adequado, pode ser usado como uma arma, podendo aprisionar almas ou mundos em ciclos infinitos de tempo.

  • Ego (Dourado)

Bônus de jóia do infinito, antes eram 6 agora são 7, pelo menos nos quadrinhos.

Permite ao portador se for poderoso o suficiente pode saber os segredos do universo e manipular energias dimensionais. Não é uma jóia das originais, e originalmente era portado por Nemesis, posteriormente foi encontrado por Loki, numa tentativa de roubo.

Lembrando que centralizei no universo cinematográfico, claro que nos quadrinhos pode ter outra história, ou mostrar as outras jóias.

  • Manopla 

thanosAs seis jóias podem ser usadas juntas em uma luva em que Thanos criou, denominada Manopla do Infinito e faz o portador ser onipotente, capaz de controlar o universo com ela.

A especulação é que Thanos tem sua Manopla, porém há outra no cofre de Odin em Asgard, e ambas vão ser usadas uma por Thanos e outra pelos Vingadores, no filme 3 e 4, ou Thanos irá usar e os Vingadores deverão combate-lo para não dominar o universo e destruir-lo.

manoplaPois Thanos aparece nos pós-créditos de Era de Ultron vestindo a Manopla e falando que vai procurar as jóias sozinho, e a Manopla (posteriormente a outra) pode ser vista na sala de Odin em Thor (outra especulação é que Loki deu a Manopla a Thanos), e o casulo de Warlock pode ser visto no museu do Colecionador, mas não é nada confirmado.

Um beijo, um queijo e um doce de leite para vocês.

Homem – Formiga

Hi, Hey, Hallo, Coi, Ciao, Oi, Ola… Halo My Friends

check-out-the-new-ant-man-poster_qp5u.1920

Como falei no post anterior, o único filme que eu não tinha visto do cinema era o tal do Homem Formiga, e no domingo passado, juntamente de meus primos e suas namoradas, eu fui ao cinema.

  • História

Tudo gira em torno de Scott Lang, um “ladrão” que tem uma família ( mas a mesma é afastada). Ele é responsável por um roubo muito grande o que resultou cerca de 3 anos na cadeia, e assim que ele sai, encontra seu colega de cela e este já quer o meter em encrenca novamente. Scott não aceita o trabalho de Luis tem a lhe oferecer, arruma um emprego, tenta viver normalmente, porém seu chefe descobre sua ficha criminal e o despede. Então ele aceita o trabalho: roubar um cofre de um homem muito rico que não está em casa, seu nome é Hank Pym.

Ao chegar no cofre, Lang se depara com uma roupa, um uniforme e mais tarde não resiste a tentação de vesti-lo. O que ele não sabe é que o uniforme é do ” Homem-Formiga Originajaqueta amarelal”, pertencente a um gênio chamado Hank Pym que se demitiu da S.H.I.E.L.D para esconder uma tecnologia que faz com que o herói seja possível e para isso ele precisa de um novo Homem Formiga, para ajudá-lo a combater o “Jaqueta Amarela”, um antigo amigo de Pym que usou sua tecnologia para fins revolucionários de guerra, e pretende vende-la para a Hydra.

Porém Pym nunca viu essa tecnologia neste jeito e tem pará – lo, e Lang seria o homem perfeito para isso. Assim que Scott pega o traje, ele não resiste a querer usa – lo, e ao apertar o botão de “encolher” ele fica aterrorizado e quer devolver o uniforme para o dono novamente. Ao realizar o ato a polícia o pega e leva a cadeia, e Hank se vê responsável a ajudá-lo. Com as formigas ajudantes do Pym, elas trazem o uniforme a Lang e este encolhe e sai da cadeia através de uma formiga voadora controlada por Hank com um dispositivo conectado ao seu cérebro e as formigas. Lang desmaia e quando acorda está na casa de Hank.

Achei esses posters a coisa mais legal do mundo, muito bom.

Achei esses posters a coisa mais legal do mundo, muito bom.

Na casa do milionário ele se vê envolvido no projeto “Homem-Formiga” e assim o filme começa de verdade. Scott aceita relutante o trabalho e treina para ser o super-herói tamanho mini. Sua missão é pegar o traje amarelo dentro da empresa de Pym, e com ajuda de os amigos: Luis, Dave e Hurt ( que dão a interatividade engraçada do filme) e da filha de Hank, Hope. Eles hackeiam o sistema e infelizmente caem numa armadilha, mas mesmo assim conseguem destruir o prédio da empresa, mas Cross ( o amigo de Hank, colega de empresa, aprendiz) veste a Jaqueta Amarela e um luta épica entre os tamanhos mini e normal.

Quem irá vencer? Quem irá morrer? Quem irá salvar o mundo? Ou causar a destruição dele?

  • Crítica

Eu nunca tinha ouvido falar do tal “Homem-Formiga” e confesso que não só amei o filme quanto achei incrível. Por ser um herói pouco conhecido, e da Marvel sua popularidade deve-se a isso, e o fato de ele poder ficar do tamanho de uma formiga com um traje apenas: fica mais incrível do que tudo isso junto. Eu confesso que não vi a última cena dos créditos pois estávamos em 5 e tomamos 3 cocas grandes ao total, um balde de pipoca e um Resse’s o que deixou todos com vontade de ir no banheiro era 9 de 10. Então nem esperamos o final do final, apesar de minha vontade ser tamanha, não aguentamos. Mas depois, através de sites e fontes confiáveis ( minha prima e minha melhor amiga) eu descobri o que mostrava.

A tão esperada cena do Stan Lee aparecendo acontece no final do filme. Pronto falei.

  1. Cena 1- Meio dos créditos: mostra a filha de Hank e o pai, ele a leva a uma sala secreta e revela o traje que ele estava traHomem-Formiga-Vespabalhando para a filha, inspirado no da esposa falecida, a “Vespa”. Ou seja, vai ter outro filme mostrando ela e o Scott numa possível parceria.
  2. Cena 2- Pós créditos: no filme mostra uma incrível batalha entre o Falcon e o Homem-Formiga, e nesta cena aparece o Bucky/ Soldado Invernal sendo mantido sob custódia do Capitão América, que, juntamente ao Falcon/ Sam Wilson planejam um plano, e precisam de uma pessoa que entende de tecnologia, e eles não podem contar com Tony Stark/ Homem de Ferro. Ou seja, isso pode ser um Easter Egg para a rixa entre o Steve e o Stark no filme “Guerra Civil” que estreia 6 de Maio do ano que vem.
  3. E no final do final: aparece os dizeres: “Homem-Formiga irá voltar”
  • Atores
  • Paul Rudd como Scott Lang / Homem-Formiga
  • Michael Douglas como Hank Pym
  • Evangeline Lilly como Hope Van Dyne
  • Corey Stoll como Darren Cross / Jaqueta Amarela
  • Michael Peña como Luis
  • Bobby Cannavale como Paxton
  • T.I. como Dave
  • David Dastmalchian como Kurt

Um beijo, um queijo e um Chantibon para vocês.

Divertida Mente

Hi, Hey, Ola, Coi, Ciao, Oi… Halo My Friends


Há alguns dias fui ver o filme “Divertida Mente” (Inside Out em inglês), junto aos meus pais e por demanda dos meus tioos que se emocionaram no final. Achei que iria ser um filminho de animação como outro qualquer, mas não, é mais do que isso.

  • História

Tudo se passa na cabeça de uma garota chamada Riley, que vive uma vida expetacular no seu estados natal, . Dentro de sua cabeça temos as emoções: Alegria ( a chefe), Tristeza, Medo, Raiva e Nojinho. Pois bem, as memórias são representadas como bolinhas com aquele momento, e algumas bolinhas são tão especiais que moldulam você: sua personalidade.

Já de cara, você percebe que a Alegria não gosta muito da Tristeza, pois a mesma sempre estraga alguma coisa ou passa momentos tristes para Riley, o que é exatamente o que a Alegria não quer. Riley então é uma jogadora de Hockey e tem 11 anos, mas recebe a notícia que ela vai se mudar, o que deixa todas as emoções preocupadas: Alegria pensa como vai ser legal em São Franscisco, Tristeza vê o lado ruim (como deixar seus amigos para trás), Medo escreve possíveis coisas que possam dar errado, Raiva demonstra Raiva e a Nojinho pensa de como vai ser horrível aquele lugar.

Um belo dia, quando Tristeza faz algo que não era pra fazer, encosta numa memória base alegre e transforma em triste e cria uma memória base triste todos ficam desesperados, principalmente Alegria, e por um tubo as duas são sugadas e levadas até uma parte do cérebro de Riley, muito longe da sala de comando, e assim começa de fato o filme, pois a Riley começa a passar muita Raiva, não é mais Alegre e nem Triste.

Tudo fica uma bagunça, e Alegria e Tristeza tem que voltar a sala de comando de uma maneira ou outra.

  • Reflexão

Eu confesso que já imaginava minha cabeça como Divertida Mente retrata, eu imagino um monte de emoções en forma de personagens e quando da colapso eles entram em pânico e é muito engraçado a imagem na minha cabeça.

  • Favoritos

A personagem que mais amei com certeza foi a Tristeza, apesar de ser muito fofa, ela mostra que é inteligente e muito preguiçosa.

A parte que mais gostei foi quando na cabeça da Riley passa a mesma propaganda 10 mil vezes e a Raiva fica muito brava. E quando a Raiva quer usar palavrões e não pode.

  • Dubladores

 

  1. Alegria – Miá Mello
  2. Tristeza – Katiuscia Canoro
  3. Nojinho – Dani Calabresa
  4. Raiva – Léo Jaime
  5. Medo – Otaviano Costa   

Nota: 5 estrelas

Espero que vejam o filme porque vale muito a pena. O único filme que falta para terminar de ver todos os legais do cinema é Homem Formiga e eu irei ver nos próximos dias.

Um beijo, um queijo e uma banofe para vocês

Ps.: Banofe é uma torta de Banana com creme de leite no ponto chantilly e doce de leite. Fica a dica.

Star Wars – Parte I

Hi, Hallo, Oi, Ola, Hey… Halo my friends
2000px-Star_Wars_Logo
INTRODUÇÃO DE 2 MESES ATRÁS…

Como todos já sabem há algum tempo foi o #StarWarsDay ou “May the 4th be with you”: Dia 4 de Maio, Dia homenageado a Star Wars. Eu confesso que amo Star Wars porém eu não terminei de ver o 2 e nem o último… porque no dia que estava passando maratona, eu, tinha alugado o primeiro e, quando terminei já estava na metade do terceiro e vi até o quarto, me recusando a ver o último por não ter visto o segundo. É complicado e eu já cafundi (hehe) minha cabeça e vou retornar com os filmes esta semana e fazer maratona.

INTRODUÇÃO DE HOJE

TERMINEI…AMEI…BRILHEI. TERMINEI STAR WARS GENTE! ” Nossa ela terminou star wars, só agora queridinha?! Terminei já faz tempo!” Pra não falar palavrão, bom pra você, porque eu terminei e estou muito muito feliz por ter terminado. Só tenho algumas palavras: Melhores filmes já vistos pela minha pessoa, não é atoa que todos amam e se viciam. O que irei falar é o que é o Star Wars, sobre o que se trata e por que amar tanto a hexalogia.

  • Como tudo começou

George Lucas (produtor, criador, roteirista e diretor deste universo) frequentava a University of Southern California e era amigo de outra pessoa assim como ele: sonhadora com o nome de Francis Ford Coppola. Foi quando começou a vender pequenos projetos e ganhar prêmios pelos seus trabalhos. Logo foi contratado pela Warner Brothers como estagiário e, como auxilio de Coppola, convenceu a empresa de transformar seu curta THX em um longa- metragem, mas a Warner odiou o resultado e pediu que o dinheiro foi retalhado e devolvido para o lançamento no cinema. Logo após tentou com o American Graffiti, onde teve sucesso nos públicos e fez com que o cineasta  tirasse do papel o projeto do então esperado: Star Wars.

No começo, seu roteiro tinha cerca de 6 horas de filme, mas por pura inspiração ele decidiu cortar em seis filmes e usar apenas o três últimos, por achar mais interessantes. Mas a venda do projeto foi recusado pela Warner e pela Universal pelo motivo de que o assunto: GUERRA – FICÇÃO CIENTÍFICA não estavam em alta para o maior público: as crianças. Mas, (sempre tem um mas e este mas foi milagroso) pela obra do destino a FOX foi convencida a não desdenhar o projeto, Alan Ledd Jr. viu um grande potencial no conteúdo e mexeu alguns pauzinhos dentro da empresa e convenceu os george-lucaschefes. Nos acordos foi assinado que George Lucas poderia ficar com todos os direitos pelo derivados de seu conteúdo e os direitos da sua sequencia pelo simples fato da Fox desacreditar em um filme sobre espaço.

Porém uma forte barreira foi erguida entre a execução do filme e os efeitos especiais: todas as empresas de efeitos especiais estavam falidas, o que levou Lucas a um PLANO B, ele então fundou a: ILM – Industrial Light And Magic, que em nossos dias é sinônimo de inacreditáveis efeitos especiais. Mesmo com 8 milhões de dólares na mão Lucas enfrentou todos os problemas possíveis:

  1. Descontentamento com o elenco
  2. Atraso nas produções
  3. Calor insuportável
  4. Figurinos muito elaborados que não funcionavam direito
  5. Tempestades de areia na Tunísia (lugar onde filmavam os desertos)

Então tudo estava a um fio de estourar o orçamento e cancelar o filme. Porém mesmo sem esperanças surgiu o entitulado Star Wars (sem o subtítulo Uma Nova Esperança) em 25 de maio de 1977 George-Lucas-Star-Wars-TV-showe adivinha: O SUCESSO FOI ESPETACULAR, MAGNIFICO. Todas as salas de cinema foram lotadas, e não tinha nenhuma iniciativa de propaganda. A divulgação de Star Wars foi feita pela empresa que o próprio George Lucas criou: LucasFilm, e hoje ele é dono: Lucasfilm; LucasArts; Industrial Light & Magic; Lucasfilm Animation; Skywalker Sound; Lucas Licensing; Lucas Online e George Lucas Educational Foundation. Algumas das empresas criadas por ele viraram independentes como a: Avid Technology, THX e Pixar Animation Studios (Sim, a Pixar, aquela de Toy Story, dá Disney).

O livro de Star Wars vendeu mais de 500 mil cópias, o filme arrecadou muito mais do que o investimento inicial e rendeu 10 indicações do Oscar em 1978. E todos os fãs despertaram interesses pelos personagem, o que fez Lucas em parceria com a Fox de fazer Colecionáveis da franquia. Logo dois novos filmes foram incrementados na fila de produção: 3 anos depois estreava “O Império Contra Ataca” (Ep.5) , e 6 anos depois ” O retorno de Jedi” (Ep. 6). Começava assim uma nova era para Hollywood.

E o resto irá ser explicado em outro post.

Um beijo, um queijo e um chocolate Milka para vocês.

Cidades de Papel – O filme

Hi, Hey, Ciao, Oi, Hello… Halo My Friends

13084310 Há pouco tempo estreiou no cinema o lindo segundo filme do nosso querido autor: John Green ( Ou João Verde, para os  NerdFighters brasileiros) e irei fazer uma comparação do trama nos dois jeitos.

Para saber a história do livro, clique aqui.

  • Críticas e Mudanças

O filme começa com a seguinte mudança: na noite que Margo chega na janela de Quentin, o pai dela chama ela e ela não volta para casa para depois fugir novamente com Q, ela simplesmente ignora e foge com Q. As 11 coisas que Margo precisa fazer, mudam para 9 coisas e apenas cerca de 5 mostra no filme, o que me decepcionou um pouco:

  1. Eles vão ao mercado √
  2. Casa de Becca √
  3. Casa de Chuck √
  4. Carro de Jase √
  5. Casa de Jase ×
  6. SunTrust √
  7. SeaWorld ×
  8. Invadem a casa errada ×
  9. Tirar foto de Jase √
  10. Casa de Karin ×
  11. Carro de Lacey – substituido por deixar um peixe na casa dela.

Na viagem deles apenas mostra 3 horas do ocorrido, não as 24 horas que passaram dentro do carro, mostra: eles fazendo a primeira parada e pegando comidas, bebidas e roupas ( e não, eles não estão de Beca)- Obs.: Ansel Elgort aparece sendo o cobrador do posto- mostra eles conversando, eles quase batendo e ficando a noite na floresta – que proporcionou a primeira vez de Radar e Angela, o convite de Lacey para o baile com o Ben, e eles chegando na cidade de papel. No final do livro, Quentin encontra Margo escrevendo e com o cabelo curto lá no galpão da cidade de papel e juntos enterram o caderno preto que ela sempre levava consigo. No filme, ele não encontra ela no galpão, ela não está de cabelo curto, eles tomam uma bebida, eles se bcidades-2eijam, ela está com o caderno preto e Q volta a Orlando e vai ao baile de formatura. Ainda no final: Radar, Quentin e Ben se abraçam, cada um pega seu carro e seguem rumos diferentes, Quentin reflete sobre Margo, onde ela está e se está feliz – “Alguns viram ela dando aulas de surf na California e outras viram ela estrelando um espetáculo de teatro”-  e acaba o filme. A grande lição que aprendemos com Margo é que as pessoas nem sempre são o que parecem e o que é, de fato, uma cidade de papel. Uma cidade de papel é uma cidade fantasma, que cartógrafos colocam nos mapas por direitos autorais, então isso esta muito relacionado com as pessoas, ás vezes ela não são quem aparentam ser e você se decepciona descobrindo as suas diferenças, é como se fosse um outro lado da pessoa, um lado fantasma. A primeira impressão que tive quando peguei o livro foi que a história rodaria em cima de Margo e Quentin, mas não, a história gira em torno de Q e dos amigos, o que deixa mais emocionante o livro e mais engraçado o filme.

  • Atores/ Atrizes
  1. Nat Wolff – Quentin Jacobsen
  2. Cara Delevingne – Margo Roth Spielgeman
  3. Justice Smith – Marcus “Radar”
  4. Jaz Sinclair – Angela (namorada de Radar)
  5. Halston Sage – Lacey Pemberton
  6. Austin Abrams – Ben Starling

O produtor é o John Green, Jake Schreier como diretor. Drew Matthews, Robert Crayton, Tom Hillmann, Griffin Freeman, Caitlin Carver e Meg Crosbie sendo roteiristas, os mesmo de ” A Culpa É das Estrelas”.

Nota: 5 entrelas

Um beijo, um queijo, um brigadeiro e uma nutella para vocês.