A GRANDE Tag Musical

Hi, Hey, Oi, Ciao, Bonjour … Halo My Friends

a-grande-tag

Depois de muito tempo, motivações e muita preguiça acumulada, resolvi gravar um vídeo de uma tag que fiz. A tag eu peguei do blog da Melina Souza pois achei ela muito fofinha e muito significativa pois: é música que estamos falando, e eu amo música.

Vou contar um pouco da minha história com música.

Meu pai é baterista e já foi músico, quando tinha seus 20 e poucos anos ele tocava numa banda na cidade onde foi criado: Videira. Minha mãe é/era pianista, pois por muito tempo tocou piano mas faz muito tempo que não toca também (agora ela está tocando pois temos um piano em casa e ás vezes ela vai lá). Minha vó tem um piano em casa devido a minha dinda, durante um tempo, ter tocado piano, e foi nesse piano que tudo começou.

Quando eu era pequena eu gostava muito de ouvir MPB pois era as músicas que meus pais ouviam, e gostava de ouvir meu pai tocar bateria. Um dia minha mãe estava tocando piano e começou a me ensinar, me dando algumas aulas, e foi ai que me interessei por música. Eu devia ter uns 7 anos de idade quando ela me ensinou onde ficava cada nota, e depois foi me ensinar minha primeira música: Capricho Italiano de P.I. Tchaikovsky, e foi assim que comecei a desenvolver esse amor pelo piano, porém eu não tinha piano em casa, então só podia tocar ele quando estava na casa da minha vó no Rio Grande do Sul. Então outra paixão veio: cantar.

Tudo começou com a série da Hannah Montana, eu realmente achava que um dia iria virar uma cantora ou que a Miley iria passar o legado dela para mim (nesses momentos que você fica pensando o que você tinha na cabeça, mas enfim) e com isso eu cantava todas as músicas com ela. Meu pai me deu meu primeiro microfone e meu primeiro pedestal e foi ai que eu comecei a cantar. E paralelo a isso surgiu a vontade de aprender inglês (pela paixão mesmo da música e da língua), que até hoje amo falar e ouvir a língua.

E com isso fui moldando um gosto meio brasileiro por causa do MPB, já que quando pequena ouvia Maria Rita, Tim Maia, Jorge Ben Jor, e comecei com Hannah Montana até se ramificar em diversos gêneros como: Rock, Pop, Jazz, um pouco de Puck, Reggae, Clássico, muito gêneros e foi assim que eu comecei na música. Ainda tenho sonho de cantar pelo menos uma vez cantar em bar, ou na rua mesmo, e de entrar num estúdio e gravar minha própria música.

Ahh, e outra, minhas primeiras aulas de piano vão ser esse ano, tudo que aprendi foi por conta própria (e olha que músicos já vieram aqui em casa e falaram que eu tenho futuro kkk), e foi tudo por eu ter ouvido para essas coisas, eu realmente prezo por um som bom, mesmo que custe mais caro. Nada adianta tem altos amplificadores, caixas e mesas de som se o som não sai nítido, claro e confortável. O volume pode sair super alto mas o som é ruim, é uma coisa que apavora a minha pessoa.

E esse ano quero aprender a tocar bateria e violão também.

Acho que isso é um pouco da minha história com a música, então vou colocar o vídeo aqui.

A GRANDE TAG MUSICAL

1. Gênero favorito?

2. Banda ou cantor(a) mais ouvido(a) no momento?

3. Música preferida no momento?

4. Três artistas favoritos?

5. Aquela banda para qual você sempre volta?

6. Trilha Sonora de filme favorita?

7. Música preferida de todos os tempos?

8. Último show que foi?

9. Música mais vergonhosa no computador, celular, itunes?

10. As três músicas mais tocadas de acordo seu player?

11. Que música sempre te faz sorrir?

12. Que música você ouve quando está triste?

13. Que música te faz dançar?

14. Bandas e cantores desconhecidos que você indica?

15. Letra ou citação preferida?

16. Que banda, cantor(a) ou música te lembra de alguma situação específica?

Um beijo, um queijo e um macarons para vocês.

Anúncios

Um pouco sobre a (minha) vida.

Hi, Hallo, Oi, Bonjour … Halo My Friends

galaxy-2.jpg

Eu só queria pedir mil desculpas, pois não tenho postado nada já faz algum tempo, e não é porque eu não quis, mas simplesmente estava numa fase tão ruim da minha vida que tudo (até o colégio) eu tive que trocar. Bom, primeiramente, eu me mudei de Curitiba, sai da casa dos meus pais e vim morar com meus tios e minha prima. Mudei de colégio para uma experiência diferente (do particular para um estadual), pois tudo estava me fazendo infeliz naquele lugar: estudar, amigos, inimigos, boys, professores… Enfim eu precisava de um lugar que me deixasse feliz novamente. Sem contar que a situação lá em casa não estava das melhores, e percebi que tanto eu quanto meus pais precisávamos de um espaço para organizar a cabeça.

E então, em um dia do final das minhas férias – já tinha pensado em tudo: mudar de colégio, economizar nisso ou naquilo, tentar me focar nos estudos, e nada de mudar – cheguei para a minha mãe e falei: Mãe, e se eu fosse morar com a Luana?, dai foi indo, falei com a tia, com a Luana, com o tio, pedi opiniões de outros, arrumei as datas, estudei para as provas, faltei bastante no colégio, e em 1 mês e pouco depois eu estava arrumando as malas para ir para Goiás, Santa Helena de Goiás, interiorzão.

Se estou melhor? Estou. Estou feliz, estou com amigos mais velhos, tenho amigos da minha idade, estou saindo mais, virando mais responsável, pensando mais na vida e organizando ela. Claro que o intuito no começo era apenas fugir, mas logo comecei a receber responsabilidades e deveres que eu não possui e conviver com novas regras. E vi que é difícil começar algo novo, meio que do zero, mas ao mesmo tempo você vê que a vida tem seus altos e baixos, que num momento você pode estar se achando forte e no outro você esta chorando as escondidas. Claro que você não quer, claro que você acha que é forte, mas numa hora você não aguenta, ainda mais quando um turbilhão de coisas vão acontecendo e mudando junto aos seus pensamentos, e logo você precisa de alguém para desabafar, e essa pessoa logo te fala: você está amadurecendo, e meio que você começa a enxergar o mundo de uma maneira diferente. Começa a ver que aquela coisa que tinha tanto significado para você dias atrás, não tem mais nada agora. E isso pode acontecer com qualquer um, pois no momento que amadurecemos percebemos coisas que julgávamos estúpidas e sem significado virarem coisas concretas e significativas em nossas vidas. Pode ser um livro, uma pessoa, uma foto. E logo você começa a ter um melhor conhecimento de mundo, uma visão mais adulta do que está acontecendo com você, e o melhor é que nesse momento começamos e pensar em maneiras para sair disso, em soluções.

No exato momento que comecei a escrever isso não tinha esse intuito, mas ontem estava tendo uma discussão sobre isso, que a vida não é um conto de fadas, ela é um livro, e como em todo livro você ter as ápices e as depressões. Mas o melhor de tudo isso é quando você começa a reler o que escreveu, e refletir, pensando no que pode escrever nas próximas páginas, e bem, enquanto está fazendo isso, você já esta escrevendo alguma coisa, e tudo vira um ciclo. Então na nossa vida temos risadas e choros, temos decepções e superações, arrependimentos e orgulhos, são os nossos altos e baixos, e bem, o melhor de tudo isso é que você é o autor.

Um pouco das séries que vejo…

Hey, Cio, Ciao, Oi, Bonjour … Halo My Friends

Untitled (8).jpg

No meu círculo de amigos eu sou conhecida como a menina da séries, pois sempre estou vendo uma e sempre viciada em outra. Mas sempre fui viciada em The Walking Dead, como já perceberam nos posts anteriores. Porém, eu respiro e suo série, e cada uma tem uma história diferente, com atores e atrizes diferentes, com personagens diferentes… E o melhor de tudo isso: ELAS DURAM BASTANTE. Tá, eu sei, em filmes podemos ter trilogias e em livros várias volumes, mas eu amo os dois também. Mas meu amor por séries fala mais alto, pois nos livros as vezes você imagina de um jeito e não é bem aquilo que acontece, tá acabei de perceber que eu amo livro também (minha estante tem mais de 50 livros, mas isso fica para outro post), em filmes demoram muito para ser produzidos e muitas vezes não tem o resultado que esperamos e quando vemos, pronto é aquilo, e sua acabei de perceber que eu também gosto muito de filmes, novamente outro post.

Mas nas minhas ideias mirabolantes antes de dormir, e depois de ouvir um pouco de Amelie Poulain no piano, pois eu quero muito conseguir fazer a mão direita dessa música “AHHH VOCÊ TOCA PIANO!!” sim, toco (outro post, maybe) e tive a brilhante ideia. Eu fazer esses pequenos posts no qual dou ideias de coisas para vocês fazerem, e esse vai ser as séries que vejo e gosto ou aquelas que quero muito ver e irei fazer isso logo… BOM FÉRIAS ESTÁ AI PARA ISSO CERTO?! (Também, mas vou ter que estudar para provas finais nessas férias…)

Vou classifica-las em assisto regularmente, vi até (temporada que vi) e quero ver e se está em hiatus (Sad but True ‘_’ )

  • The Walking Dead – VI TUDO (que já lançou), porém assisto regularmente (desde 2013), hiatus, AMOOOOOOOO
  • How I met your mother – VI TUDO, AMO.
  • Orange is the new black – Começando 4ª Temp, final de semana me aguarde
  • Sense8 – Hiatus, AMOOO
  • How to get away with murder – Vi até começo da 2ª Temp
  • Agent Carter – Terminei 1ª Temp, Cancelada (SAD ‘_’)
  • Legends of Tomorrow – Episódio 4 da 1ª Temp.
  • Arrow – Hiatus, Vi tudo que já lançou, AMOOOO
  • Flash – Hiatus, Vi tudo que já lançou, AMOOO
  • Agents of Shield – Vi até segunda temp
  • Game of Thrones – Comecei 2º episódio, Terminou domingo a 6ª Temp
  • Flicked – Assisti 2 vezes, Hiatus
  • Demolidor – Hiatus, regularmente
  • Jéssica Jones – Hiatus, regularmente
  • Once Upon a Time – Até 2ª Temp
  • Supernatural – Até 10ª Temp, enjoei mas vou continuar
  • The 100 – Até 2ª Temp
  • Z Nation – Primeiros Eps
  • Vikings – Não comecei
  • Outcast – Amei o 1º Ep
  • Fear The Walking Dead – Assisti tudo que já lançou, Hiatus
  • Heroes – Antiga série, muito boa, assisti tudo
  • Breaking Bad – AMOOOOO, Assisti tudo
  • Better Call Saul – 2ª Temp
  • Shadowhunters – Vi todos que já lançou, hiatus
  • Between – Muito bom, lançaram a 2ª temp alguns dias atrás no Netflix
  • Stranger Things – Amoooo, terminei no dia mesmo que lançou na Netflix.

Concluindo, tenho que terminar Supernatural, Better Call Saul, Outcast,  Agent Carter, Agents of Shield, Once Upon a Time e Orange is the new Black. E começar Vikings e Game of Thrones.

Se tem alguma série para indicar deixe nos comentários, se quiser posts sobre essas séries, deixe nos comentários… Eles são sempre bem vindos.

Um beijo, um queijo e um pudim para vocês.

 

Recado Rápido!

Hi, Hello, Bonjour, Cio, Ciao … Halo My Friends

pare.jpg

Bom, estou dando esse recado rápido pois senti necessidade de fase-lo, o que aconteceu com o blog vocês devem estar se perguntando. Bom, dia 5, como alguns sabem, eu viajei para a Flórida e fiquei 10 dias viajando por lá com meus tios e primos de coração, ou seja voltando dia 15. No dia 14 entramos no avião, chegando no dia 15 em Florianópolis (onde chegava nosso avião, e como chegamos no meio da tarde, sair de Floripa é muito difícil no horário de pico, ali pelas 5 até as 7 horas, e como chegamos as 16:30 e a casa do meu dindo (quem foi nos buscar) é meio longe do aeroporto não daria para sair antes da 8 da noite pelo menos, porém, contudo, toda via, Cecilia aqui dormiu quando chegou na casa do dindo e só acordei quase as 23, ou seja não poderíamos voltar no mesmo dia. No dia seguinte acordamos e fomos a Blumenau buscar os nossos cachorros que estavam na minha vó, e ficamos um tempo lá esperando a vó se arrumar já que iria subir para Curitiba, e bem saímos eram 18 horas por ai.

Ou seja, o meu objetivo era, voltar para casa já no dia 15, ir para o fórum de ensino religioso e o ensaio a capella que tinha no colégio, já fazer posts para o blog e vídeos para o canal, porém como voltamos sábado, eu só tinha domingo para colocar as coisas do colégio em dia, o que não aconteceu. Na segunda, tinha simulado a tarde inteira, e de manhã uma prova. Então eu estou demorando um tempinho para me arrumar nos horários e na minha vida. Pois mesmo antes da viagem eu estava com a cabeça pensando tão la na frente (na viagem) que deixei de fazer várias coisas.

Então me desculpem pela minha ausência, tanto no blog quanto no canal, mas era isso que eu queria falar. E também ja vou adiantando, eu tinha prometido fazer vários vlogs lá nos EUA, porém, meu pai meio que “roubou” a minha câmera e então o que vocês irão ver será várias gravações dele, porém o bom é que tem eu nas gravações também, e são boas gravações. E aqui no blog, terá diário de viagem – depois da viagem, SIM VOU PENSAR NUM NOME MELHOR. Mas é isso.

Um beijo, um queijo e um baconator para vocês.

A rotina do amor

hi,hallo,hello,ola,oi…Halo my friends

Bom sei que o assunto tão pouco tem haver com o blog,mas tem muito haver comigo. Quando falei de texto lindos falo destes que aqui deixarei. Escrevi uma crônica ano passado, de um dia que de fato aconteceu comigo e gostaria de partilhar aqui.

A rotina do amor

fonte:we heart it

Ela acordou violentamente suando como se não houvesse amanhã,aquilo tinha acontecido mas não era a realidade.O silêncio,a escola,as roupas eram reais,ela só queria um pouco de paz .E ele.Todos os finais de semanas eram assim,acordava de um sonho muito bom e chorava por não ser verdade.Era assim todo final de semana.

Todos os fatos eram reais em seu mundo mas no dele achava que era só armação.Queria,queria muito,mas isto era diferente.Lembrou-se de o quão ele estava perdido naquele dia,do meio sorriso que botou no canto de seus lábios;isto era verdade,perguntou se poderia sentar-se ao seu lado,ele como cavalheiro aceitou.

Estava nervosa,tremendo,com o coração acelerado,coisa que só acontecia quando estava ao seu lado,ou até mesmo quando falavam dele.O silêncio reinou,e os dois ficaram olhando,perdidos,para frente,enquanto na cabeça queriam falar algo,algo que pairou um dia no ar.Uma frase rolou solta:”Você viu meu irmão?Ele esta ali em cima?”, meio frustrada e confiante a menina respondeu um não.E novamente o silêncio instalou-se entre a atmosfera dos indivíduos.”O que você ainda está fazendo no colégio?” O menino perguntou com uma certa curiosidade,recebendo a breve resposta da garota  de que seu pai não queria lhe buscar,soou retardado,mas pelo canto dos olhos  viu,que um atrevido breve sorriso no canto dos lábios carnudos dele surgiu surpreendentemente.Estava começando a ficar vermelha,algo raro quando não junto a ele.Na sua cabeça queria pedir desculpas,pegar seu rosto e beijar suas bochechas,até então vermelhas,este era seu desejo.Não foi isso que aconteceu.”Eu preciso procurar meu irmão” o moreno comentou com indiferença.A ruivinha acastanhada se ofereceu pra ajudar olhando pra ele.O choque do encontro dos olhos foi muito bom,ele se perdeu nas palavras.”Eu a-acho que ele,ele está ali,ali na f-frente” apontando para cima,em algum lugar de seu corpo aclamava pra rir junto ao gesto,não foi isso que aconteceu.Voltou-se o breve silêncio.”Falô preciso procurar meu irmão!”.Ele deu uma última olhada pra ela,os olhares se cruzaram.Já era tarde demais.

Agora era como flashes passando pela mente,os celulares rodando nas mãos,os pés mudando de posição e então…Os olhares e sorrisos que os dois em algum momento apresentaram.Um espaço mínimo entre os dois corpos,um coração acelerado.A ruiva sabia que era amor.

Um beijo ,um queijo e um presunto para vocês.