O Herdeiro do Império – Timothy Zahn

Hi, Hallo, Ciao, Coi, Ola.. Halo My Friends

DSC_0867Como alguns sabem Timothy Zahn vai estar no Brasil para a Comic Con Experience em dezembro- mas isso deixamos para outro post- mas quem é Timothy Zahn? Ele é um dos autores autorizados pela LucasFilm a “expandir” o universo de Star Wars através de livros, com sua trilogia denominada “Thrawn”, ele cria uma aventura extraordinária dentro da série, extrapolando todos os limites de uma história qualquer. Mas afinal, qual é a história?

  • História

Se passa 5 anos depois -mais ou menos em 9 DBY, na cronologia Star Wars- dos acontecimentos da batalha de Endor (a destruição da Segunda Estrela da Morte e a destruição do imperador), e gira em torno de obviamente Luke, Leia, Han, Chewie, 3PO e R2 e o maligno plano do último grão-almirante denominado Thrawn (dãrr) . Tudo começa com Thrawn querendo colocar o Império novamente no poder, e tirar a Nova República do tal qual cargo, enquanto isso o quarteto e dois andróides parada dura estão tentando manter a Nova República e combater o resto de Império que sobrou. Leia está grávida de gêmeos e casada com Han ( atendendo pelo nome Leia Organa Solo) e mesmo assim continua a liderar a República. Luke está conturbado com seu últimos ensinamentos Jedi e comunicação com Kenobi, porém está ensiDSC_0890nando Leia a se tornar Jedi igual a ele próprio.

Algo que eles não esperavam era que um grão-almirante iria interferir na vida já agitadas deles, Thrawn é descrito no livro como um humanóide de coloração azul, cabelos negros e olhos vermelhos e é um grande estrategista militar, em um determinado planeta é sai a procura de o último mestre Jedi na verdade é um clone com problemas psicologicos existente além de Luke (que bem não é um mestre Jedi, mas é um Jedi e pode se tornar Jedi… Vocês entenderam.) um tal de Joruus C’baoth que tenta incansavelmente achar Luke e obter os gêmeos de Leia, que, esta sofre 2 ataques por alienígenas que servem o Almirante e se mete em encrenca .

Para a firmação da Nova República o grupo então recebe ajuda da Lando Calrissian e mais tarde de Karrde, e Luke então conhece Mara Jade ( que digo que um clima rolou nos poucos dias que eles ficaram juntos, mas Mara tem um ódio por Luke por ele ter estragado indiretamente sua vida ao matar Jabba e ela naquela época ser prisioneira infiltrada dele, mas ela era na verdade a “braço direito do Imperador”, e ódio quase sempre vira amor, então…). Na história, tem de haver batalhas e mais batalhas e de fato acontecem, e no final a batalha acontece em Sluis Van: IMPÉRIO X NOVA REPÚBLICA e para saber o final da história vão ter que ler o livro/ trilogia.

  • Partes marcantes

androides

Com certeza as partes mais marcantes vem dos dróides, no meio do livro, quando eles vão até Lando procurando ajuda um plano é montado: Leia irá com Chewbacca a bordo da Lady Luck para o planeta dele, Lando, Han e C-3PO vão a bordo da Falcon para outros lugares e Luke junto a R2 abordo do X-Wing dele. Porém a melhor parte acontece neste meio tempo, para enganar o Império e outros planetas eles modificam a voz do 3PO para ficar igual a de Leia e imaginar essa cena na minha cabeça foi muito engraçado, assim como R2 sempre se metendo em confusão, mas isso é o nome do meio do droide.

  • Crítica

DSC_0880Timothy realmente conseguiu deixar uma marca no mundo, não é a toa que é o maior escritor de livros de Star Wars. No livro dele você realmente ouve as vozes dos personagens, ouve a música de John Williams na cabeça e fica cada ve mais maravilhado com a riqueza de detalhes que o enredo traz. É como se você estivesse dentro do livro. Tanto a escrita quanto a textura e diagramação das páginas são perfeitas, e a cada começo de capítulo são duas paginas com estampa galática, uma nave estrelar e o primeiro parágrafo. Eu, no começo pensava que eram frases soltas do livro e não li esse primeiro parágrafo, mas quando percebi- ainda no começo- tratei de começar novamente o livro e ler cada letrinha que estava escrito.
O visual brasileiro comparado ao americano é em minha opinião bem mais trabalhado e bonito do que o gringo. No gringo a capa trás os personagens e um pequeno cenário, como se fosse o próprio cartaz do filme. Já o brasileiro traz consigo como se fosse uma cena de batalha não muito detalhada. Ao abrir o livro pela primeira vez eu não me dei conta do brindDSC_0891e que veio dentro, foi muito espontâneo o jeito que caiu um lindo marcador de página em for
ma de Sabre de Luz, eu fiquei maravilhada. São acho que no próximo livro de Star Wars tem que ser um Sabre de Luz na cor vermelha ( pois no “Herdeiro do Império” é o verde e no do “Kenobi” é azul).

Já comecei a ler o livro do “Kenobi” e estou amando, acho que uma resenha vem por ai. Um beijo, um queijo e um pão de queijo para vocês.

Anúncios

Um comentário sobre “O Herdeiro do Império – Timothy Zahn

  1. Pingback: Desafio de Ferro – Cassandra Clare & Holly Black | NerdeekQueens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s