Dying Light

Hi,hallo,oi,hello,ola…Halo my friends

Dying-Light1

AVISO IMPORTANTE:ESTE POST É SOBRE ZUMBIS E PARKOUR,SE VOCÊ TIVER PAVOR,ÓDIO,ATAQUES DE RAIVA E BERROS, EU, CECILIA BRUSCO NÃO IREI ME RESPONSABILIZAR POR QUALQUER DANO EM:APARELHOS DOMÉSTICOS,OBJETOS QUEBRADOS OU DA SUA BUNDA,DEPOIS QUE SUA MÃE TE DER UM LINDO TAPA NA MESMA.OBRIGADA.

Depois deste aviso super importante e produtivo, venho falar aqui sobre Zumbis. E jogos. E parkour. Tudo num mesmo post irei dar um preview sobre o jogo DYLING LIGHT, sim aquele game que saiu apenas para o Xbox One, PC e PS4. Eu nunca tive o contrato e o prazer de jogar . “Ai por que você não jogou? É super maneiro, os gráficos, a história..ai ai!”(1) Não joguei porque não tenho um pc que rode jogo, (2) nem um PS4 ou o ONE.Enfim, “resenhar” vai ser um desafio para mim.

O jogo é uma mistura de PARKOUR COM ZUMBIS-pelo que eu entendi-o protagonista é um agente da GRE -uma organização responsável por cuidar e monitorar um grupo de sobreviventes. Se nome é:Kyle Crane, ou 31, onde é chamado no principal refugio seguro,e o central: a Torre. Crane então tem uma missão de ir a única cidade do mundo infectada e recuperar um documento, que, se cair em mãos erradas coisas ruins podem acontecer.

Já no começo do jogo, Kyle é atacado pelos mortos-vivos e passa a ser chamado de 31(o trigésimo primeiro infectado), a situação do agente complica-se após este ato, sendo como missão secundária o resgate e acompanhamento de Antizina, um inibidor da propagação do vírus no organismo. Mas ainda é focado no principal objetivo, cumprir diversos fatores para se aproximar e ter contato com Suleiman: o cara que está com os documentos.

Muitos youtubers estão fazendo séries e previews sobre o tal jogo. O jogo conta com muitos zumbis e muito parkour, o que deixa o jogo muito mais interessante por não se tratar apenas de sobreviver ,e sim, de se divertir pulando pela cidade inteira. O complicação do jogo começa a noite, quando este misterioso vírus faz com que os mortos-vivos pacíficos e fáceis de matar de dia, a noite virarem os diabos ambulantes.

O jogo traz muita adrenalina e a jogabilidade dele é bem fácil. Quando eu jogar pela primeira vez eu conto-nos a experiência.

KISSES. Um beijo, um queijo e um presunto para vocês.

Anúncios

Um comentário sobre “Dying Light

  1. Pingback: Aniversário do Blog: Ano 1 | NerdeekQueens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s